Video: LATIDOAMÉRICA
Conferencias Episcopales
   
Medios Asociados
   
 
Noticias
08 de Abril, 2015
El legado de Dom Hélder Câmara en tres miradas

Imprimir
Imprimir

Tres brasileros comparten (en portugués) sus perspectivas sobre el obispo

Ante la “buena noticia” del inicio del proceso de beatificación y canonización de Dom Hélder Câmara, con el aval de la Congregación para la Causa de los Santos, NOTICELAM consultó a dos sacerdotes y a una religiosa de Brasil sobre el “legado” del obispo brasilero.


•    P. Maurício Jardim, párroco de São Vicente Pai dos Pobres (Gravataí), arquidiócesis de Porto Alegre

¿Qué recuerda y destaca de Dom Hélder Câmara?
 
Pessoalmente não conheci dom Helder, mas desde que entrei para o seminário em 1991 ouço falar de sua santidade como homem de Deus e pastor incansável comprometido com os mais pobres. Na Igreja do Brasil foi o maior incentivador na fundação da Conferência Nacional dos Bispos criada em 1952. No concílio Vaticano II exerceu importante papel de articulador na atualização teológica dos bispos conciliares e foi um dos propositores do ‘pacto das catacumbas’ em 1965 que firmava compromisso de uma ‘Igreja pobre para os pobres’.
 
¿Qué representa Dom Hélder para quienes buscan “una Iglesia pobre para los pobres”?

Dom Helder representa ainda hoje para a Igreja o desejo de voltar a Jesus e ao Evangelho indo às periferias e tornando-se próximo dos que mais sofrem. Suas opções também continuam nos interpelando para vivermos com simplicidade e abertura ao que ‘diz o Espírito às Igrejas’. Reli muitas vezes o que ele disse certa ocasião: “Aceita as surpresas que transformam teus planos, derrubam teus sonhos, dão rumo diverso ao teu dia e, quem sabe, à tua vida. Não há acaso. Dá liberdade ao Pai, para que Ele mesmo conduza a trama dos teus dias”.

•    Hna. Lucia Weiler, IDP, teóloga, biblista y Consejera General de las Hermanas de la Divina Providencia

¿Cuál es el legado de dom Hélder Câmara para la Iglesia de Brasil?

O principal legado de Dom Hélder de Barros Câmara para a Igreja do Brasil é sua opção radical e profética pelos pobres.Outro legado é seu estilo de vida simples, de certo modo austero, mas ao mesmo tempo leve e alegre, sempre próximo do povo.Seu grande amor à EUCARISTIA, capaz de gerar uma comunhão universal e uma PAZ sem fronteiras.Legado visível são seus escritos de pequenos poemas, densos de espiritualidade e mística. Também foi um homem que tinha sonhos e apostava na concretização dos mesmos em mutirão: “Sonho que se sonha só é pura ilusão. Sonho que se sonha juntos é o início de uma nova realidade. Então vamos sonhar companheiros, sonhar ligeiro, sonhar em mutirão”.Sua palavra testamento final é um grande legado: “Não deixem morrer a profecia”! é talvez a síntese de sua herança e seu legado para nós.

¿Qué representa dom Hélder para la “Iglesia en salida” del Papa Francisco? ¿Qué podemos recuperar para nuestro hoy socio-eclesial?

Se Dom Hélder vivesse hoje, vibraria com esta expressão-convocação: “Igreja em saída!”.  Dom Hélder neste sentido represente uma  CONFIRMAÇÃO. O que podemos e devemos recuperar  de Dom Hélder é sua mística e profecia que convergem numa espiritualidade “em saída” para ir ao encontro dos mais pobres, não pela teoria nem pelas idéias bonitas, nem mesmo pela multiplicação de orações, mas sim pela PRATICA no COTIDIANO.

•    P. Vitor Hugo Mendes, Secretario Ejecutivo del Departamento de Cultura y Educación del CELAM

¿Considera que la obra y misión de dom Hélder Câmara, sus posturas, sus gestos y pronunciamientos, continúan siendo inspiradores para la Iglesia en América Latina y el Caribe?

É necessário resgatar a obra e a missao de Helder Camara e de muitos outros bispos seus contemporâneos. Os tempos são outros e as mudanças históricas sufocaram em grande medida a Igreja Vaticano II da qual Helder Camara foi protagonista e divulgador. Na América latina y Caribe a situação foi ainda mais difícil. A opção pelos pobres arrefeceu. O papa Francisco há implantado uma renovada visão do Concilio e uma reforma da Igreja que sem dúvida retoma a Igreja sonhada por Helder Camara. Como dizia: “a Igreja para ser sempre a mesma de Jesus cristo tem que mudar muito”. A canonização de Romero é sem dúvida uma valorização da Igreja comprometida com os sofredores de América Latina, atitude permanente em Helder Camara.  

¿Cuál es el legado de dom Hélder Câmara para el mundo de la educación y de la cultura? 

Helder Camara é u ícone da Igreja en diálogo com o mundo, abertura a las realidades terrestres e acolhida de los empobrecidos. Seus escritos, registram uma reflexão que vai ao encontro da preocupação com a defesa da vida e o cuidado das pessoas. Sua maneira educativa constitui um tipo de pedagogia pastoral que al estilo de Cristo institui uma cultura do encontro, da escuta, do compromisso com o outro. Sua leitura da realidade e da situação de vida concreta das pessoas, a luz do Evangelho, continua sendo um elemento fundamental para a inculturacao do Evangelho e a Evangelizacao das culturas.

ÓSCAR ELIZALDE PRADA




Documento sin título